quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008


Tudo me escorrega por entre os dedos…
Tudo o que construí está a desmoronar, como um jogo de dominó, peça a peça.
Sempre que penso que tenho as respostas, vem a vida e muda todas as perguntas!
A cada dia que passa a vontade diminui, os objectivos ficam cada vez mais distantes, a revolta aumenta, a ideia de desistir surge, como é que isto me pode acontecer? Determinação e desejo de progredir sempre foram características muito pessoais, é pena, mas nos tempos que correm são poucos os jovens da minha faixa etária que tem objectivos minimamente delineados para um futuro vindouro, eu sempre os tive, acreditei sempre que conseguiria atingi-los mas afinal se calhar não é bem assim, apercebo-me que já não sou o que era! Onde está a Ana Sanches? A Força?
Predomina a Desilusão…
Desiludi-me a mim própria, não consigo entender porque me tornei assim…
Saudades da outra…saudades daquela altura em que eu era Grande…saudades de ser capaz…saudades do tempo…”Ontem, queria que hoje fosse amanhã”…
Desabafo estúpido!!! É o que sinto agora…

1 comentário:

Catarina 11C2 disse...

Ana, nenhum desabafo é estupido, aquilo q sentimos nunca é estupido...aquilo q sentimos resulta daquilo q somos e do q os outros são. resulta disto e de muito mais!

Tens saudades de ser quem eras, mas aquela Ana Sanches que conhecemos durante muito tempo, eu smp te conheci assim, objectiva directa e expontanea, cheia de alegria e vida, essa Ana, está escondida dentro de ti!

Acredita, aquilo q estás a passar eu sei o q é. E custa-me. Porque sei exactamente como te sentes. Mas vai passar, eu sei q vai. E enquanto n passar, eu vou estar aqui pro q precisares. Aqui, distante e bem perto, qdo e onde precisares.

Adoro-te Ana.

Aquilo que neste momento não és, mas q foste ha bem pouco temppo,vai voltar, ainda mais cheio de força. E vais sorrir. Sorrir. E vencer. E ser feliz. Feliz.

****